Postagens

Mostrando postagens de 2013

A Review on Anthony Burgess’ "English Literature: A Survey for Students"

Imagem

"Eu tenho o direito de ser feliz..."

Imagem
"Eu tenho o direito de ser feliz". Essa é uma frase muito comum hoje em dia. "Faça o que for necessário para ser feliz"... essa é outra. Será que estamos aqui para perseguir a felicidade a qualquer custo? Jesus nos avisou que viveríamos momentos de tristeza, como uma parturiente que dá a luz. O mundo ao nosso redor parece viver em constante felicidade, afinal, eles "curtem a vida". E o que é curtir a vida? Eles não entendem a lógica pela qual vive o cristão. "Quem ama a sua vida perde-la-á, e quem, neste mundo, aborrece a sua vida, guarda-la-á para a vida eterna." (Jo 12.25). A lógica aqui é outra. E nunca entenderão... Só é possível entender a lógica desse sistema quando vc está dentro dele. Jesus disse que se manifestaria àqueles que o amassem, e quem o ama é quem guarda seus mandamentos (Jo 14.21). A vida cristã é "pela fé", do começo ao fim. E é no fim da vida que nossa tristeza se converterá em alegria (Jo 16.20). E…

Obediência

Imagem
 “... e desta vez vocês poderão se apossar dos despojos...” (Js 8.2) Quando Deus entregou Jericó nas mãos de Israel, Ele deixou bem claro que ninguém deveria tomar para si nada do que ficasse na cidade, tudo deveria ser queimado e os metais preciosos deveriam ser tomados para o tesouro do Senhor. Acã desobedeceu a Deus e desejou uma túnica e alguns objetos de prata e ouro. Em seu coração ele imaginou que não seria nada de mais. Levou-os para casa e os enterrou porque sabia que estava errado. Ele nem desfrutou dos bens, pois Deus revelou seu pecado. Por causa de uma simples túnica e insignificantes quantidades de prata e ouro, 36 homens morreram na guerra e agora, Acã e toda a sua família também perderiam a vida. O pecado parece pequeno antes de cometido, mas depois toma proporções gigantescas. O inimigo nos ilude com a idéia de que desfrutaremos daquilo, mas depois percebemos que era apenas uma armadilha. Que não venhamos a nos iludir. Deus tem soberania em nossas vidas. S…

A cobiça de Acabe

Imagem
Objetivos:

Expor a natureza e o objeto da cobiça de Acabe
- Compreender o processo de evolução da cobiça
- Conscientizar-se dos frutos e consequências da cobiça


INTRODUÇÃO

A cobiça de Acabe nasceu como um simples desejo e evolui para um pecado gravíssimo, que sujou as mãos de muitas pessoas
- Acabe não pode desfrutar do objeto de sua cobiça
- Deus é misericordioso e benigno, mas também é justo: há consequências que são inevitáveis
- A cobiça no meio do governo é como ferrugem.

DESENVOLVIMENTO
I - O direito à propriedade no Antigo Testamento
A terra pertencia ao Senhor (Lv 25.23): o israelita possuía apenas o direito de explorá-la, não poderia vendê-la nem passá-la ao membro de uma outra tribo (Nm 36.7)
- Não cobiçar o que é do outro (Ex 20.17)
- Não desprezar o que Deus nos concede

II - A herança de Nabote - Acabe queria a vinha de Nabote a qualquer preço
- Nabote invocou a lei para proteger-se da cobiça de Acabe: “Guarde-me o Senhor de que eu te dê a herança de meus pais” (I Rs 21.3).

ZACARIAS - O REINADO MESSIÂNICO

Imagem