Postagens

Mostrando postagens de 2014

Moisés e sua liderança

Imagem
INTRODUÇÃO
Todo líder cristão aprende desde o início que o seu papel é servir a Deus e a seu povo. Muitas vezes, com o intuito de fazer o seu melhor, o líder acaba centralizando a gestão da Igreja totalmente em si, esquecendo-se da falibilidade inevitável dos projetos solitários. Um líder centralizador corre mais riscos de render-se à ambição, à sede de poder, à corrupção e ao fracasso. Um líder que trabalha em equipe, por outro lado, divide obrigações, sucessos e dificuldades. No final, ele sabe que tudo que é feito por sua equipe é para glorificar a Deus. A ideia do trabalho em equipe está bastante difundida nos dias atuais. No entanto, a tendência à centralização está sempre presente e se revela em pequenos aspectos da liderança. O estudo da Palavra de Deus nos capacita a identificar os riscos de uma gestão “totalitarista” e nos auxilia na adoção de uma postura que valorize a noção de hierarquia vinculada ao trabalho em equipe. O capítulo 18 de Êxodos nos mostra como Moisés, ao …

Gestão Estratégica de Pessoas na Igreja

Imagem
INTRODUÇÃO
A gestão de pessoas na Igreja reveste-se de características específicas que a diferenciam da gestão de pessoas em instituições seculares. A diferença reside no fim desejado em cada uma delas. Nas empresas privadas, por exemplo, o fim esperado é o lucro e toda ação relacionada à administração de pessoas será voltada à otimização dos lucros da empresa. Na Igreja, o fim desejado é glorificar a Deus realizando a sua obra na terra. Existem ferramentas que podem auxiliar o líder cristão a alcançar os objetivos que Deus pôs em seu coração. Duas dessas ferramentas são o planejamento e a delegação. Sobre delegação já aprendemos que a ideia do trabalho em equipe está bastante difundida nos dias atuais. No entanto, a tendência à centralização está sempre presente e se revela em pequenos aspectos da liderança. O estudo da Palavra de Deus nos capacita a identificar os riscos de uma gestão “totalitarista” e nos auxilia na adoção de uma postura que valorize a noção de hierarquia vinculada…