Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

O Uraguay: uma epopéia brasileira

Imagem
Por Lorena Brandizzi

A natureza épica do poema de José Basílio da Gama, intitulado O Uraguay, tem sido assunto para muita discussão na teoria literária. Serão apresentados a seguir alguns dos argumentos que, de certa forma, servem de base para a negação do status de epopéia à obra de Basílio, e alguns dos pontos explicitados por outros autores que levam a um questionamento do caráter anti-épico do poema. Basílio da Gama foge à tradição épica ao iniciar seu poema O Uraguay com a descrição do que restou de uma batalha há pouco terminada. Ao aplicar a técnica da antecipação, o autor atrai a atenção do leitor para o desenrolar do texto, uma vez que a descrição inicial não oferece respostas, mas apenas uma fotografia sombria do resultado de uma guerra.
Fumám ainda nas desertas praias Lagos de sangue tépidos, e impuros, Em que ondeam cadáveres despidos, Pastos de corvos. Duram inda nos valles O rouco som da irada artilheria.
Os versos que se seguem àqueles cinco primeiros trazem a invocação e a pr…